O agora inelegível ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), afirmou ter pago uma multa no valor de R$ 72.551, 74 ao Sindicato Dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo nesta segunda-feira, 14. O valor seria referente a condenação em um processo movido pela entidade por ofensas proferidas pelo ex-mandatário no exercício de seu mandato.

Bolsonaro divulgou a informação por meio de publicação feita em seu perfil no antigo Twitter, atual X. No texto, ele afirma que a “justiça entendeu que ele atentou contra a imagem e honra dos profissionais da imprensa”.

O processo foi apresentado ainda em abril de 2021, sob a acusação do crime de assédio moral contra os profissionais da comunicação. O ex-mandatário foi condenado em segunda instância no mês de maio deste ano, 2023. Já a condenação definitiva só foi proferida no último dia 19 de outubro, após Jair Bolsonaro perder os recursos apresentados ao Poder Judiciário.